Falar sobre negritude, em especial brasileira, é imprescindível nos dias de hoje. No entanto, como seria falar sobre esse assunto tão crucial sem utilizar nenhum diálogo? Esse é o curta documental ‘6 Por 20’, que narra a interessante história do Viaduto Negrão de Lima, localizado no bairro de Madureira, ponto de encontro clássico da Zona Norte do Rio de Janeiro. Embalado apenas por músicas, tanto nacionais quanto internacionais, o filme é uma explosão de diversidade e cultura, eficaz em sua narrativa fragmentada.

Um simples viaduto durante o dia é palco para um espetáculo durante a noite, com todo o tipo de público, em especial, jovens que buscam diversão e boa música sem se deslocar para a Zona Sul carioca, vivendo e experimentando o melhor da cultura local. Desde samba até Pabllo Vittar, toca tudo e assim toca também nossos corações, afinal, é um cenário da cidade do Rio repleto da nossa essência, porém, ainda tão “abafado” na cidade que tem como costume esconder o que não é turístico.

É por essas e outras que trabalhos como ‘6 Por 20’ se tornam uma forma de resistência, muito mais do que um curta, é uma maneira de educar ao mostrar a realidade marginalizada do local. Uma obra simples, direta e feita com muita dedicação. Dificilmente vai entrar em circuito comercial, mas vale sua atenção.

E por falar em dedicação, talvez não exista uma palavra que melhor descreva a banda Ultraje a Rigor, exceto “polêmica”, mas vamos chegar lá. O longa documental ‘Ultraje’, com direção de Marc Dourdin, visa mostrar a trajetória de sucesso da banda liderada por Roger Moreira. A narrativa reúne praticamente todos que já estiveram envolvidos com a banda de alguma forma, mostrando seus pontos de vista e tentando entender o tamanho sucesso que fizeram nos anos 1980.

E, como toda banda de rock que se preze, Ultraje sempre esteve cercada de polêmicas, tanto pelas letras de humor ácido quanto por escândalos e brigas internas. E o documentário expressa todos esses pontos cruciais, mesmo exagerando com muitos entrevistados e errando ao mostrar apenas a visão do cantor sobre a famosa acusação de estupro que recebeu no passado.

No mais, a trama se desenrola de forma interessante, nos mantém interessados a maior parte do tempo, principalmente quando acerta ao mostrar a decadência do rock e o fim de muitas bandas que já foram fenômenos no país, definitivamente vai agradar os amantes do gênero e fãs da banda, que atualmente participa de forma fixa do programa The Noite, do SBT.

Comments