Em sua exibição de estreia no Festival de Cannes, The House That Jack Built, novo filme de Lars von Trier, foi motivo de polêmica, ao ponto de mais de 100 pessoas abandonarem a sessão devido as cenas fortes do filme.

O filme acompanha Jack, interpretado por Matt Dillon, ao longo de 12 anos, e mostrará os assassinatos que definem sua personalidade como serial killer. O elenco ainda conta com Uma Thurman, Riley Keough, Ed Speleers.

Confira algumas reações:

“Abandonei a sessão porque ver uma criança levar um tiro e ser assassinada não é arte ou entretenimento.”

“Nojento. Pretensioso. Dá vontade de vomitar. Tortuoso. Patético.”

“Abandonei a sessão de Lars von Trier. Filme perverso. Não deveria ter sido feito. Os atores também são culpados.

“Falei com alguém que abandonou a sessão do filme de Lars von Trier em Cannes: “Ele mutila Riley Keough, ele mutila uma criança… e esperavam que nós ficássemos lá vestidos formalmente e assistíssemos aquilo?”

“Eu nunca vi nada como isso em um filme do festival. Mais de 100 pessoas abandonaram a sessão do filme do Lars von Trier, que mostra a mutilação de uma mulher e uma criança. “É nojento,” disse uma mulher ao sair.”

No Brasil, o filme será distribuído pela California Filmes.

Comments