DIA DO BEIJO | PIPOCAS CLUB ELENCA BEIJOS INESQUECÍVEIS DO CINEMA

No dia 13 de abril, comemoramos o Dia do Beijo e nós do Pipocas Club não poderíamos deixar essa data passar em branco.

Sempre tem um beijo de cinema que nos marca. Esse ato é um dos artifícios cinematográficos mais usados. Sempre esperamos pela cena de troca de saliva ou o filme termina com um beijo bem enamorado… É um momento de clímax, de conexão e de elo.

Sendo assim, a equipe beijoqueira do Pipocas Club, elencou os beijos mais marcantes. Cada um escolheu seu momento cinematográfico e explicou o porquê desse beijo ser tão inesquecível para si . Lembrando que, não são os beijos mais famosos e sim o mais marcante para cada membro da equipe.

Começando pelos clássicos. Como esquecer os beijos de Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet)? Titanic (1997) com certeza marcou a vida de muita gente com uma história de amor inesquecível. Assim como seus beijos.

 

Tem como esquecer essa cena? É inegável que Titanic é um dos clássicos do cinema e mexe com o coração de todo mundo desde 1997. Essa foi a escolha de Itallo porque foi o primeiro filme em que viu na “telona”.

“Foi no interior, num cinema improvisado. Mas a sensação de poder ver um filme numa telona pela primeira vez foi inesquecível. Por esse motivo escolhi esse beijo.”

Mas Titanic não só tem esse beijo marcante. Nosso amigo Marcus também lembrou da última cena que fez todo mundo chorar:

“Titanic me emociona como poucas coisas no mundo, então é impossível eu pensar em outro beijo que mais me marcou que os de Jack e Rose.” Ele relembrou até a frase clássica: “Ele me salvou, de todas as formas que uma pessoa pode ser salva, e eu não tenho nenhum retrato dele, agora ele existe apenas em minha memória.”

Chorei real.  

Falando em chorar, Lúcio um menino pacato e inocente, relembrou um clássico da sessão da tarde. Meu primeiro amor (1992).

“Não é o maior beijo do cinema, mas a composição da cena, a inocência dos personagens, e por passar na sessão da tarde mais ou menos na mesma idade que os personagens então fez parte da minha vida.”

Ownt.

Macaulay Culkin e Anna Chlumsky protagonizaram essa cena fofa e inesquecível.

Outra episódio inesquecível e fofinho vem do clássico A Dama e o Vagabundo (1955), essa cena foi relembrada pelo Leonardo, que diz que esse é um dos momentos mais românticos da história do cinema. (ninguém discorda)

“Ao som de “Bella Notte” e com direito a uma bela macarronada os pombinhos protagonizaram um momento que inspirou diversas outras cenas românticas da indústria cinematográfica.”

Já Biah (no caso eu), lembrei da cena do filme Homem-Aranha (2002), aquele com o Tobey Maguire, acho que essa é uma cena clássica de um beijo que já é clássico. Até hoje esse momento é lembrado e reproduzido, por isso, não tinha como ficar de fora dessa lista.

E os romances daqueles bem melosos? Alguém lembrou? SIM! As meninas mais apaixonadas do Pipocas, Janai e Rhayanny relembraram dois clássicos. Um Amor pra Recordar (2002) e Diário de Uma Paixão (2004) . Ambos são obras do Nicholas Sparks, e se você não chorou com eles, você não tem coração.

Outro clássico inesquecível é Orgulho e Preconceito (2005),  Amanda relembrou uma cena que para até quem viu o filme pode ser uma surpresa. Esse é um beijo de uma versão alternativa. Ela justificou sua escolha lindamente:

“Não só pelo fato de vermos Mr. e Mrs. Darcy como um lindo casal, mas como eles, sem sombra de dúvidas, se conectaram de uma maneira além de seu pré-conceito e julgamento. E por favor, quem não se derrete com Matthew Macfadyn?!”.

Aí a gente tem que concordar.

Para fechar com chave de ouro, Felipe lembrou de uma cena belíssima do clássico Moulin Rouge (2001). Esse musical belíssimo conta a história de amor de Christian (Ewan McGregor) que se apaixona pela mais bela cortesã do Moulin Rouge, Satine (Nicole Kidman).

“O que eu acho de mais fantástico nele é que é uma parte fundamental de uma contraposição de duas visões de mundo completamente diferentes sobre o que é o amor. A cena enfatiza que o amor é um sentimento tão forte que pode romper até mesmo as barreiras das lentes com as quais o enxergamos, permitindo que duas pessoas que o conheceram de forma diferente passem a vivê-lo, juntos, de uma forma única.”

Tem como não se apaixonar?  

Nós do Pipocas Club ficamos muito românticos e nostálgicos fazendo essa lista, relembrando filmes e momentos únicos. Você pode rever algum desses filmes que falamos pra celebrar esse dia romântico. Ainda faltaram muitos beijos nessa lista (se a gente fosse falar seria um livro). Então, que tal você nos contar qual o beijo do cinema inesquecível pra você?

 

Share This