O Rei Leão já está nos cinemas e é completamente igual a animação certo? Errado! Tá bom que algumas cenas, como o início, por exemplo, são cópias frame a frame da animação original. Porém, há algumas diferenças que podem ter passado despercebido mas que foram incluídas nos 29 minutos extras que o novo filme tem.

Então se você deixou escapar, a gente listou algumas pra você. Dá uma olhada no vídeo acima.

Ah, lembrando que essa lista vai estar cheias de spoilers, se é que podemos considerar que existem spoilers de O Rei Leão ainda. 

Que Scar e Mufasa não se entendem a gente já sabia com base na recusa dele a ir a apresentação de Simba. Porém, o remake dá um background maior a essa desavença. Durante a primeira cena de Scar e Mufasa, Scar sugere que Mufasa foi quem lhe deu sua cicatriz icônica de quando eles lutaram pelo trono no passado. Mas a “força bruta” de Mufasa venceu a inteligência de Scar, fazendo dele o rei do reino animal. A batalha deve ter sido arrojada para deixar Scar com uma ferida de guerra ao longo da vida, e é óbvio que ele nunca deixaria para trás esse rancor. Mais tarde Scar também fala que Sarabi escolheu Mufasa como companheiro no lugar de Scar, alimentando ainda mais essa rivalidade.

Sempre que traz o seu report matinal Zazu traz algumas piadas e trocadilhos na nova versão. Inclusive, a constante história sobre seu primo que acha que é um pica-pau que dá até vontade de ver essa cena.

Uma das maiores mudanças do original vem da relação de Scar com as hienas. O filme animado deixa claro desde a primeira cena que Scar compartilha com as hienas uma amizade de longa data. Já o filme de 2019 mostra Scar conhecendo as hienas pela primeira vez antes de abordá-las com o plano de ambos matarem Mufasa e Simba, permitindo-lhe tomar o trono, e ele se alia às hienas para que isso aconteça. Há menos confiança implícita desta vez do que no original, tornando o final sangrento de Scar nas mãos (ou dentes, por melhor dizer) dessas mesmas hienas muito mais compreensível.

Por falar em hienas, o trio icônico do original formado por Whoopi Goldberg, Cheech Marin e Jim Cummings como Shenzi, Banzai e Ed foram substituídos. Apenas Shenzi continua, dublado por Florence Kazumba agora. As duas hienas masculinas no trio principal são agora Kamari e Azizi, dubladas por Keegan-Michael Key e Eric Andre. Suas características são praticamente as mesmas, porém, com Kamari sendo o mais inteligente dos dois. Azizi ainda é o idiota do bando, mas em vez de não conseguir parar de rir, com aquela risada maníaca o ar é mais como uma hiena boba alheia ao espaço pessoal. Ainda é engraçado, apenas de um jeito diferente.

Uma das cenas mais esperadas (para chorar, claro), é a queda de simba, principalmente porque sabemos o que vem a seguir, e ela é ainda mais intensa no remake. A cena é quase idêntica quadro a quadro, prepare-se para a cena do tumulto, porque é ainda mais intenso e comovente no remake do que na animação. E isso acontece quase de maneira idêntica quadro a quadro em ambas as versões, além de Scar dizer a Zazu para pedir ajuda na nova versão. Mas, a fuga de Simba é realmente onde as coisas diferem. Sua queda é muito mais realista na nova versão, e ele não é pego em espinhosas videiras. Em vez disso, ele desce para um penhasco inferior, onde as hienas não podem vê-lo e, cuidadosamente, desce de lá. Se ele caísse da mesma maneira no novo filme como no original, com certeza não sobreviveria. Então, é uma mudança  que faz sentido!

Uma maneira que o novo Rei Leão melhora em relação ao original é dando às leoas mais voz ativa (o que na verdade é mais preciso para como as sociedades de leões são realmente matriarcais na natureza). No remake, Nala escolhe escapar do domínio tirânico de Scar para procurar ajuda para derrubá-lo e trazer ordem de volta para as desoladas e famintas da floresta. Ela foge à noite, esquivando-se de hienas famintas e até se esquivando de Scar com a ajuda de Zazu. A sequência emocionante é completamente nova e muito melhor do que a razão assustadora que ela deixa a pedra do reino no original, quando Scar propõe-a para o casamento e a bane quando ela se recusa. As leoas são mais proativas desta vez!

Como dizer isso de maneira digamos que….bem, Pumba peida no novo filme! Ele realmente consegue peidar e cantar a palavra “peidar”. Aposto que você nunca pensou que veria isso um dia. Ouvir a voz da marca registrada de Seth Rogen alegremente soltar a palavra “peidar” durante o  “hakuna matata” é um dos destaques da nova versão. E quando Pumba pergunta se seu amigo não iria impedi-lo de cantar essa letra, Timão apenas dispara de volta: “não, você me enoja”. É uma troca muito diferente de “Pumba, não na frente das crianças.” 

Depois de “hakuna matata”, o novo Rei Leão dá um passo a mais para mostrar o quão bem conhecido Simba, o leão vegano se tornou no pequeno pedaço de paraíso de Timão e Pumba. Um antílope enlouquece ao ver Simba, acreditando que ele está prestes a ser comido, até que ele reconheça quem é. Isso leva a uma troca hilária entre o recém-adulto simba e o antílope, praticamente tremendo de ansiedade apesar de saber que simba não vai comê-lo. Isso é totalmente novo em relação ao original. 

A forma como Rafiki descobre que Simba ainda está vivo é praticamente a mesma em ambas as versões, e tudo isso tem a ver com uma moita de pêlo de Simba que viaja até ele. Mas na animação, apenas sopra para ele em uma rajada de vento. No remake, é preciso uma jornada muito mais longa para chegar ao Rafiki. Ele começa a ser soprado por um pássaro usando-o em seu ninho, é comido por uma girafa, vira coco de girafa, é levado por um besouro rola bosta até que uma tempestade de areia o leva até uma formiga que traz até a árvore de Rafiki. 

Uma das melhores cenas da disney de todos os tempos é quando Timão e Pumba dançam hula hula como uma distração para as hienas quando Simba e Nala voltam para sua casa. Infelizmente, o remake apaga todo esse momento. Em vez disso, timão e pumba pegam uma página do livro de outro personagem da Disney e começam a apresentar as linhas de abertura de Lumière, de A Bela e a Fera. Foi definitivamente surpreendente e hilário, mas seria bem legal ver aquele clássico hula hula.

Então é isso gente, notou alguma diferença que eu não citei aqui? Coloca aqui nos comentários!

Comments