O maior evento de cinema e audiovisual do Espírito Santo chega à sua 26ª edição em setembro, contemplando uma seleção de mais de 100 filmes dos mais diversos gêneros cinematográficos e de todas as regiões do Brasil. O Festival de Cinema de Vitória deste ano acontece entre 24 e 29 de setembro, no Centro Cultural Sesc Glória, Cine Metrópolis e Hotel Senac Ilha do Boi, com estimativa de público de 30 mil pessoas ao longo dos seis dias de evento.

Após recorde de inscrições, com 1162 filmes recebidos, o festival selecionou 105 produções para 12 mostras competitivas: 23ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas (17 filmes), 9ª Mostra Competitiva Nacional de Longas (6 filmes), 20º Festivalzinho de Cinema de Vitória (5 filmes), 9ª Mostra Quatro Estações (6 filmes), 8ª Mostra Foco Capixaba (6 filmes), 8ª Mostra Corsária (13 filmes), 6ª Mostra Outros Olhares (19 filmes), 4ª Mostra Cinema e Negritude (5 filmes), 4ª Mostra Mulheres no Cinema (4 filmes), 3ª Mostra Nacional de Videoclipes (12 filmes), 2ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental (6 filmes), 1ª Mostra Do Outro Lado – Cinema Fantástico e de Horror (6 filmes).

Os selecionados concorrem ao Troféu Vitória em 22 categorias, além de diversos prêmios extras para os realizadores.  Segundo Lucia Caus, diretora do FCV, a seleção recebe um olhar apurado para a representatividade. “Prezamos por fazer uma curadoria que abrange os diversos gêneros da produção cinematográfica brasileira. É um desafio e um prazer receber mais de mil filmes e ver de perto todo esse potencial”, pontua.

A escolha dos vencedores é feita pelas comissões de júri do Festival, compostas por especialistas e profissionais do cinema. Uma das novidades deste ano é a 1ª Mostra ‘Do Outro Lado’, com uma seleção especial representando o Cinema Fantástico e de Horror. O gênero está sempre se renovando e tendo boas safras e o Festival de Cinema de Vitória sempre foi um espaço aberto para essa vertente. “Na nossa 22º edição fizemos a 1ª Mostra ‘Cinema de Bordas’, que tem o trash como subgênero favorito. No 23º fizemos o ‘Viradão Novo Cinema de Horror’, com filmes de terror e fantasia contemporâneos. Neste ano, em julho, faremos a 2ª ‘Mostra Cinema de Bordas’, com a Mostra ‘Do Outro Lado’ fazendo parte do evento. A mostra é uma das ações que antecedem o 26º Festival de Cinema de Vitória e tem curadoria da escritora e pesquisadora Bernadette Lyra, criadora do termo ‘cinema de bordas’”, comenta Lucia Caus.

A programação do 26° Festival de Cinema de Vitória contempla ainda sessões especiais hors concours, shows, debates e oficinas do mercado audiovisual – que estarão com inscrições abertas pelo site entre os dias 3 e 5 de julho nas áreas de Realização, Interpretação, Direção de Arte, Roteiro e Gestão de Projetos.

O patrocínio é do Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo à Cultura, da ArcelorMittal, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA e da Ancine com o apoio da Rede Gazeta e da Prefeitura Municipal de Vitória. O Festival conta também com o apoio institucional do Centro Técnico do Audiovisual – CTAv. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte.

Comments