O público americano foi apresentado a O Grito em 2004, que lucrou com a crescente popularidade dos remakes em inglês de filmes de terror asiáticos. Além de O Grito, filmes como O Chamado e sua exploração de narrativas com presenças sobrenaturais com cabelos longos e escuros e pele de porcelana se tornaram uma das maiores tendências de horror nos anos 2000. Embora O Chamado de 2017 não tenham revivido essa franquia, um novo reboot de O Grito chegará aos cinemas no ano que vem, o que espera trazer a série de volta à proeminência.

Uma foto do novo filme retrata o personagem de Andrea Riseborough, conhecendo o personagem de Willam Sadler em uma instituição para doentes mentais. O filme foi dirigido por Nicolas Pesce, que fez uma promessa ousada sobre o que os fãs poderiam esperar da aventura.

“É muito diferente do que você sabe de O Grito do passado”, o cineasta compartilhou com a Entertainment Weekly .

Confira a imagem:

O filme original contava a história de um homem que mata sua família quando descobre que sua esposa se apaixonou por outro homem. Os espíritos da casa são tão poderosos que voltam da sepultura para matar o homem responsável pelos horríveis crimes. Nascendo uma maldição que se estendia muito além das conexões familiares, os espíritos continuavam matando qualquer um que habitasse a casa .

A opinião de Pesce pode ser diferente da que vimos antes, mas o cineasta garante que isso não vai prejudicar o legado da franquia, já que os fãs ainda são bem-vindos para desfrutar de todas as parcelas anteriores.

“Esses filmes sempre existirão e sempre estarão lá para você assistir”, diz Pesce. “Eu acho que o público de horror nos dias de hoje está procurando por uma história muito mais fundamentada, muito mais realista, muito mais baseada em personagens em seus filmes de terror. Nós vemos o que está indo bem agora e é esse tipo de histórias de terror mais inteligentes e com mais nuances, e é isso que vai ser. Estamos tentando atualizá-lo para as sensibilidades contemporâneas, e temos um elenco inacreditável, e acho que vai ser algo muito diferente.Há Mil filmes de The Grudge por aí, e nós queríamos descobrir uma maneira de dar um novo giro, e isso vai ser emocionante .”

The Grudge estreia nos cinemas em 03 de janeiro de 2020.

Comments