Black Mirror retornou hoje à Netflix com mais três episódios, um deles – Striking Vipers, estrelado por Anthony Mackie e Yahya Abdul-Mateen II – foi gravado na capital Paulista. Segundo a Folha de São Paulo, a equipe da Netflix esteve gravando na cidade entre Abril e Maio de 2018.

No episódio, dois colegas universitários se reencontram mais tarde, desencadeando uma série de eventos que poderiam alterar suas vidas para sempre.

Seja nas cenas da vida real ou no game em que os protagonistas jogam, vários pontos da cidade foram utilizados como locação.

Veja abaixo algumas delas:

Viaduto Dr. Plínio de Queirós

 

Entrada do Metrô na Avenida Paulista

 

Apartamento na Avenida Paulista

 

Viaduto Santa Ifigênia

 

Casa do personagem de Anthony Mackie que com vista para a Cidade

 

Viaduto Diário Popular

 

Heliponto do Edifício Copan

 

Alto do edifício Copan

 

Edifício Louvre

 

Redação da Folha de São Paulo

 

Jericoacoara Bar na Avenida Nove de Julho

 

Bar Seen na Alameda Santos

 

The Year, balada na Rua rua Mergenthaler, na Vila Leopoldina.

Black Mirror é uma série antológica que aborda uma certa inquietação coletiva com o mundo moderno. Cada episódio é independente e carrega histórias repletas de suspense ao mesmo tempo em que explora temas relacionados ao universo de paranoia tecnológica em que vivemos. Sem dúvida nenhuma, a tecnologia transformou todos os apectos de nossas vidas. Nas casas, mesas e mãos de cada um de nós há uma tela de plasma, um monitor e um smarthphone – um espelho que reflete o lado negro de nossa existência no século 21. A série foi criada e escrita por Charlie Brooker, que também assina a produção executiva junto a Annabel Jones.

Todos os episódios de Black Mirror e o filme interativo Black Mirror: Bandersnatch estão disponíveis na Netflix.

Comments