Graças a Matt Ryan, John Constantine está prosperando na The CW, fazendo a transição para um papel principal em Legends of Tomorrow, da DC, depois que sua série solo na NBC foi cancelada há alguns anos. No entanto, enquanto Ryan continua sendo o atual Constantine, ele não foi o primeiro. Keanu Reeves, protagonista da popular franquia de filmes John Wick, interpretou o feiticeiro no filme de 2005. O filme não foi um sucesso monstruoso nas bilheterias, ganhando pouco mais de US$ 230 milhões com um orçamento de US$ 100 milhões, mas certamente alcançou seguidores cult ao longo dos anos.

Enquanto promovia o recém-lançado John Wick 3: Parabellum, Reeves apareceu no novo podcast de filmes da Variety, The Big Ticket. Depois de falar sobre a longevidade da franquia de ação, e voltar para outro filme de Bill & Ted no próximo ano, Reeves foi perguntado se há outros papéis do passado que ele gostaria de revisitar se tivesse a chance.

Sem hesitar, Reeves admitiu que ele sempre quis a chance de interpretar Constantine novamente, porque ele amava o que o personagem era sobre e o mundo que ele estava cercado.

“Eu sempre quis interpretar John Constantine novamente”, disse Reeves. “Eu simplesmente amo esse mundo também, e eu amo esse personagem. Eu apenas me diverti muito interpretando um personagem e [estando] nesse mundo.”

Por um lado, agora seria a hora de fazer outro filme de Constantine, vendo como o universo dos filmes de DC de live-action está se concentrando mais em histórias independentes para personagens individuais, em vez de construir uma franquia conectada. Um filme como Coringa , estrelado por Joaquin Phoenix é um excelente exemplo da estratégia de “um filme de cada vez” da DC e da Warner Bros. No entanto, também há contratempos nessa ideia.

Matt Ryan se tornou tão querido pelos fãs por sua versão de Constantine que seria difícil ver o estúdio avançar com um projeto estrelando qualquer outra pessoa no momento.

Mas Keanu Reeves é uma das maiores estrelas de Hollywood mais uma vez, e se ele espera fazer uma sequência de Constantine, quem dirá não?

Comments