A Netflix está sendo criticada por usar imagens da tragédia ferroviária canadense Lac-Megantic no filme Bird Box. De acordo com a BBC, a Netflix disse que não vai remover o breve clipe usado no início do filme para descrever uma notícia fictícia sobre um cenário apocalíptico. A Netflix se recusou a comentar.

Mais de 40 pessoas morreram no incidente de 2013, quando um trem transportando petróleo bruto descarrilou na cidade de Quebec. A prefeita de Lac-Mégantic, Julie Morin, criticou a Netflix por usar as imagens, dizendo à imprensa local: “Você pode ter certeza de que vamos acompanhar isso, e nossos cidadãos estão do nosso lado”.

Acontece que o filme com Sandra Bullock não é a única produção da Netflix que contém imagens do acidente fatal do trem. No início desta semana, imagens semelhantes foram reveladas como tendo sido usadas no drama de ficção científica canadense-americano Travelers.

Os produtores do programa, a Peacock Alley Entertainment, disseram em um comunicado que adquiriram imagens do vendedor de filmes Pond 5 “e não sabiam de sua fonte específica”. Ele pediu desculpas, dizendo que isso não significa desonrar o trágico evento na cidade. e que estaria substituindo as imagens.

Quando uma força misteriosa dizima a população mundial, há apenas uma certeza: se a vê, você tira sua própria vida. Diante do desconhecido, Malorie encontra amor, esperança e um novo começo apenas para vê-lo esvair-se. Agora, ela deve fugir com seus dois filhos por um rio traiçoeiro em direção ao único lugar que ainda resta como possível refúgio. Mas para sobreviver, eles terão que fazer a perigosa jornada de dois dias com os olhos vendados.

A vencedora do Oscar® Sandra Bullock lidera um elenco de estrelas que inclui Trevante Rhodes, Sarah Paulson e John Malkovich em BIRD BOX, novo e fascinante thriller da ganhadora do Oscar® Susanne Bier.

Bird Box já está disponível na Netflix. Leia a nossa crítica.

Comments