A Netflix deu um sinal verde para The Liberator, uma série animada de quatro partes sobre a Segunda Guerra Mundial baseada no livro de Alex Kershaw.

The Liberator será o primeiro projeto produzido no Trioscope, uma nova tecnologia aprimorada de animação híbrida que combina CGI de última geração com performance ao vivo. Ele permite que os criadores contenham uma história visualmente convincente com riqueza de detalhes de uma forma que transmita a emoção humana e o drama do assunto sério.

Grzegorz Jonkajtys (Sin City) desenvolveu a tecnologia Trioscope em conjunto com a LC Crowley da School of Humans. Jonkajtys também dirigirá todos os quatro episódios.

Criado, escrito e produzido por Jeb Stuart, The Liberator, baseado no livro de Kershaw, O Libertador: a Odisséia de 500 Dias do Soldado da Segunda Guerra Mundial, conta a fascinante história verdadeira da mais sangrenta e dramática marcha à vitória da Segunda Guerra Mundial: a odisséia do campo de batalha do oficial do Exército dos EUA Felix Sparks e sua unidade de infantaria, que lutaram por mais de 500 dias para libertar a Europa.

O drama de combate seguirá Sparks e o 157º Regimento de Infantaria de Oklahoma, uma unidade da Guarda Nacional composta principalmente de cowboys, nativos americanos e mexicano-americanos desde a invasão da Itália até a libertação do campo de concentração de Dachau.

Fonte: Deadline

Comments