O longa-metragem “Sócrates”, que vem representando o Brasil em festivais internacionais, é um dos destaques da 42ª Mostra Internacional de São Paulo na categoria Competição de Novos Diretores. A primeira exibição acontece já neste sábado, 20, no Shopping Frei Caneca, às 20 horas. Com produção do Instituto Querô e Querô Filmes, “Socrates” é dirigido por Alex Moratto e chega aos cinemas com distribuição da O2 Play.

Veja o trailer:

O longa-metragem de ficção relata a trajetória de um jovem negro, homossexual de 15 anos, morador da periferia da Baixada Santista, litoral de São Paulo, que precisa sobreviver por conta própria após a morte de sua mãe. “Em 2009, fui voluntário no Instituto Querô no Brasil. A dedicação desses jovens para buscar uma vida melhor, independente de suas realidades, me surpreendeu e me influenciou a fazer filmes sobre essas pessoas, moradores de comunidades, raramente representadas no audiovisual. “Socrates” é um filme que representa essas comunidades e os brasileiros que me tornaram o cineasta que sou hoje. Além de falar dessas pessoas, o filme também é muito pessoal para mim e se passa num contexto atual do Brasil, contando uma história universal sobre a coragem para viver”, explica Moratto.

Socrates” é uma produção de jovens de 16 a 20 anos das Oficinas Querô, projeto social idealizado pelo Instituto Querô há 12 anos, Organização Não Governamental de Santos que utiliza a ferramenta do audiovisual para capacitar jovens de baixa renda e transformar suas realidades por meio da sétima arte.

No longa Christian Malheiros interpreta Socrates. O ator, formado pela Escola de Artes Cênicas de Santos (SP) foi escolhido entre centenas de candidatos para o papel principal. Em 2018, Malheiros estreou em teatro em São Paulo no FEDRA de Jean Racine, dirigido por Roberto Alvim.

Tales Ordakji que interpreta Maicon é formado em teatro pelo SENAC-Santos e pela Escola de Artes Cênicas de Santos. Também faz parte do TEP, o grupo de teatro mais antigo de Santos, que tem como foco o teatro experimental. Suas apresentações teatrais foram selecionadas para competir em vários festivais brasileiros, conquistando diversos prêmios e indicações.

“Socrates” marca a estreia dos dois atores no cinema.

Comments