Hoje é o dia dos Pais, e assim como na vida real a ficção nos mostra eles nas mais diversas formas e personalidades.

Confira 10 tipos e os seus respectivos filmes para você curtir ao lado do seu paizão:

Pai roqueiro: Força para Viver (2014)

Billy Crudup (Quase Famosos) faz um pai que acaba de perder o filho e não consegue superar a dor da tragédia, até que descobre numa caixa composições e gravações feitas por ele, e começa a cantar o trabalho que nunca descobriu do filho. Selena Gomez faz uma participação especial.

Pai herói: O Impossível (2012)

Filme que usa como base o tsunami que atingiu a Tailândia em 2004 para mostrar uma bela história de esperança sobre uma família separada pela onda gigante tentando a todo custo um reencontro em meio à destruição.

Pai enfermeiro: A Música Nunca Parou (2011)

Ao descobrir que o filho, com quem não fala há tempos, foi diagnosticado com um tumor no cérebro que o impede de criar novas memórias, Henry (J.K. Simmons) vai tentar se reaproximar dele com um tratamento neurológico baseado na música da banda Grateful Dead.

Pai trambiqueiro: O Casamento do Ano (2013)

Um elenco poderoso (Robert De Niro, Diane Keaton, Susan Sarandon, Robin Williams, Amanda Seyfried, Katherine Heigl, entre outros) conta a história de pais divorciados que precisam fingir que nunca se separaram para uma grande festa de família.

Pai preocupado: Procurando Nemo (2003)

Num clássico da Pixar/Disney, o peixe-palhaço e pai superprotetor Marlin vê o seu pior pesadelo se concretizar quando seu filho Nemo é capturado durante uma pescaria e ele parte numa aventura hilária para encontrá-lo.

Pai marujo: Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas (2011)

O quarto filme da saga de Johnny Depp como o pirata mais incompetente dos sete mares finalmente o coloca cara-a-cara com o responsável com a maior inspiração para o personagem: o guitarrista Keith Richards dos Rolling Stones, que estreia na saga como o pai de Jack Sparrow.

Pai saindo da aposentadoria: Os Incríveis (2004)

A família mais incrível da Pixar/Disney faz a sua estreia nos cinemas quando o Sr. Incrível, cansado de ser só mais um pai normal e aposentado das atividades de super-herói, finalmente se depara com uma ameaça ao mundo que pode tirá-lo da aposentadoria, levando toda a família para essa salvação de mundo.

Pai espalhafatoso: A Gaiola das Loucas (1996)

Numa das atuações mais engraçadas de Robin Williams, ele faz o dono de um cabaré gay, com um relacionamento antigo com uma drag queen, que precisa voltar para o armário quando seu filho anuncia que vai casar com uma mulher de família conservadora.

Pai caçador de tesouros: A Lenda do Tesouro Perdido (2004)

Na família dos Gates, o gosto por caçar tesouros está nos genes: uma atividade passada de pai pra filho há três gerações. Nesse filme, vemos como a geração encabeçada por Benjamin (Nicolas Cage) vai desvendar um segredo escondido na Declaração de Independência dos Estados Unidos.

Pai de fé: Sinais (2002)

Mel Gibson é o pastor Graham, um homem que se tornou recluso depois que a esposa morreu num acidente. Isolado em uma casa no meio de uma plantação com seu irmão e dois filhos durante uma invasão alienígena, a família vai tentar manter a união e sobreviver a ataques extraterrestres.

Todos estes filmes estão disponíveis no Crackle. O Crackle está disponível em todo o Brasil e, para ter acesso, os consumidores devem assinar a plataforma pela sua operadora de TV por Assinatura. Para assistir ao conteúdo em qualquer hora e lugar, o usuário pode baixar o aplicativo no seu dispositivo móvel com sistema operacional iOS ou Android, ou também acessar a plataforma pela Apple TV 4, Chromecast (com iOS), Xbox One, PS4 e Smart TVs Sony, LG e Toshiba, assim como pelo site www.crackle.com, que também traz todas as informações sobre assinaturas e conteúdo oferecido.

Comments