Segundo o VP da Netflix, Todd Yellin, a esmagadora maioria das pessoas do Brasil preferem assistir ao conteúdo dublado invés de legendado. Isso é normal no mundo todo. Os americanos por exemplo preferem assistir ao conteúdo em inglês, do que legendado em todos os filmes que chegam até eles. Porém, o Brasil isso tem um atenuante: a preguiça. Quando postei essa notícia no Tem Alguém Assistindo?, a repercussão foi gigantesca, pois há sim um preconceito de quem assiste legendando em detrimento de quem assiste dublado. E essas pessoas que preferem não ler durante suas séries ou filmes tem ódio desse preconceito, e aí a briga é sem fim. Eu entendo tudo isso, sei como funciona a situação, mas estou aqui para ter um partido, e ele é muito simples: assistir dublado é perder 50% do filme. 

O argumento de que quando você está lendo a fala, está perdendo o conteúdo visual, de certa forma é verdade. Não é muito legal ter que prestar atenção no escrito e nos atores ao mesmo tempo. Mas aí que está o problema. Ver o conteúdo legendado não é o FIM, e sim o MEIO. Pra que? Aprender inglês e assistir as obras sem legenda nenhuma.

Segundo a escola de inglês Wise Up, do criador do Geração de Valor Flávio Augusto da Silva, saber falar inglês está se tornando algo cada vez mais essencial na vida dos brasileiros. Cada vez mais pessoas estão aprendendo e, os que não estão, vão com certeza ficar para trás. Dá uma olhada em alguns dados que eles divulgaram:

  • 90% dos brasileiros perdem oportunidades por não falarem inglês;
  • 80% dos brasileiros fãs de músicas internacionais não sabem o que estão ouvindo;
  • Quem não fala inglês tem 70% menos chance de ser contratado por uma grande empresa;
  • 95% dos brasileiros não conseguem conversar com o mundo.

Eu não estou querendo dizer que assistir conteúdo legendado irá mudar o Brasil, fará o povo mais sábio, nem muito menos que quem assiste legendado é melhor que quem assiste dublado. Absolutamente nada disso! O que eu quero te convencer é juntar o útil ao agradável, passar a assistir legendado e começar a aprender a língua mais falada do mundo. Mesmo que você seja alguém bem sucedido e que não faça a menor diferença todos esses dados apresentados, no fim das contas você estará adquirindo cultura!

Saca essa cena:

Assistir um conteúdo com áudio original é entender que cada fala ali foi pensada, muitas vezes durante ANOS. Um exemplo é o Coringa do Heath Ledger, que se preparou de uma forma descomunal para aprender cada segundo de sua atuação. O dublador, por mais sensacional que ele seja, e a maioria é, se preparou menos, se dedicou menos àquele papel e com certeza absoluta vai te entregar menos que a voz original do ator. Você se enxerga vendo essa cena sem essa interpretação? Muita gente – muita mesmo, nunca viu dessa forma. É importante ressaltar que eu prefiro várias obras dubladas, como por exemplo Dragon Ball Z, Digimon e alguns desenhos mais antigos. Mas quando se trata da língua inglesa – o que não é caso dos animes citados – eu sempre me esforcei pra ver legendado entendendo que muito mais do que assistindo algo nas minhas horas vagas, eu estou me familiarizando com meu objetivo que é falar inglês. Hoje, ainda estou no meio do caminho, vendo séries e filmes com legendas em inglês. Com o passar do tempo, chegarei na fluência. E isso graças a minhas tão amadas séries. Então eu te pergunto: quanto vale você aprender falar inglês, sair na frente da grande maioria e ainda assistir o que tanto gosta?

Sabendo disso tudo, se você concorda com o que eu digo, já está na fase da legenda em português e quer começar ir pras legendas em inglês, minha maior dica é que você comece com as sitcons, as famosas séries de comédia. Friends, How I Meet Your Mother, The Office, Modern Family, e etc, são séries com diálogos leves e fáceis. Com seu conhecimento inicial da língua, o mais importante no começo será o entendimento da situação. Quando você entender o que está acontecendo na cena, mesmo que não entenda os diálogos perfeitamente, saiba que está no caminho certo. A compreensão completa virá, com muita dedicação e séries. Se quiser ser ainda mais radical, anote cada palavra que não entender e procure o significado dela, pois muito provavelmente essas palavras irão ser ditas novamente, e aí você entenderá o diálogo completo. Pense nisso na hora de ver séries. Aprender nunca é demais. Concorda?

Ah, e essa é só minha opinião.

 

Comments