O chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, veio a público explicar o porquê da pausa na produção da sexta temporada de House of Cards. A informação é de OtrosCines, site argentino que esteve presente na coletiva de imprensa do executivo na Argentina.

Ao falar do futuro da série, Sarandos diz que a produção está analisando no momento caminhos para continuar a série sem a presença de Kevin Spacey, o intérprete do protagonista Frank Underwood. “Temos que ver como continuar a série porque agora não temos vínculos algum com Kevin Spacey“, disse Ted.

Toda a confusão envolvendo Kevin Spacey começou no final de outubro, quando o ator foi acusado de assédio sexual por Anthony Rapp, quando o tal tinha 14 anos de idade. Na ocasião, Spacey se desculpou por meio de seu Twitter e aproveitou para revelar que é gay. Depois disso, a CNN publicou uma reportagem em que oito pessoas que fazem/faziam parte da produção de House of Cards denunciam comportamentos inadequados e assédios do ator.

Desde então, Kevin Spacey teve o prêmio que receberia em homenagem do Emmy cancelado, a produção da sexta temporada da série foi pausada e a Netflix rompeu contrato com o ator. Especula-se que o personagem de Spacey será morto na série, com Claire Underwood (interpretada por Robin Wright) assumindo o restante da temporada sozinha.

Apesar disso, a Netflix ainda planeja produzir séries derivadas no universo político – confira. 

Comments