Carlos Muñoz Portal (37) foi encontrado morto em uma área rural do Estado do México, segundo o jornal El País. O assistente de produção procurava lugares para a gravação da série da Netflix.

Ainda de acordo com a reportagem, Portal já tinha bastante experiência em procurar locações no México e era bastante requisitado por grandes produtoras do cinema americano. Ele já havia trabalhado em filmes como Sicário: Terra de Ninguém  e 007 Contra Spectre.

O porta-voz do Ministério Público do México afirmou que não há testemunhas pois a região é despovoada, mas não descarta a possibilidade de uma perseguição. “O carro da vítima foi deixado em uma área com cactos nopal”, disse o porta-voz.

A Netflix, através de nota ao jornal El País, lamentou a morte e afirmou que as autoridades estão investigando o caso. “Sabemos do falecimento de Carlos Muñoz Portal, um respeitado gerente de locações, e oferecemos nossas condolências a seus familiares. Os fatos ainda são desconhecidos, e as autoridades continuam a investigar o que aconteceu.”

 

Comments