A Netflix analisou mais de 100 séries em cerca de 190 países para entre outubro de 2015 e maio de 2016 para saber quais os tipos de séries cujas temporadas eram assistidas mais rapidamente. Séries assistidas por uma média inferior a duas horas diárias foram consideradas como “saboreadas”, enquanto que as séries maratonadas com uma média superior a duas horas diárias foram consideradas como “devoradas”.

De acordo com a pesquisa, as séries mais devoradas pelos usuários são as que envolvem tramas de suspense e ação, como The Fall, American Horror Story e The Walking Dead. Comédias com tramas mais articuladas como Orange is The New Black, Nurse Jackie e Grace & Frankie também são maratonadas com frequências.

Obras com enredos mais complexos, com temas políticos ou históricos, são saboreadas mais lentamente pelos espectadores. É o caso de produções como House of Cards, Bloodline ou Mad Men. A explicação seria de que séries assim, apesar da alta qualidade, levam mais tempo para serem assistidas por exigir do usuário uma energia maior de raciocínio para acompanhar a trama.

Confira abaixo o gráfico do “índice internacional de maratonas” disponibilizado pela gigante do Streaming:

Gráfico de comportamento do público em todo o mundo

Segundo a Netflix, as datas de lançamento, o tempo de disponibilização ou o número de episódios não foram fatores determinantes para uma série ser devorada ou saboreada. No final, o que mais influenciou foi, de fato, o conteúdo. O público brasileira acompanhou o direcionamento dos outros país, tendo apenas divergencias quanto as mais devoradas, como The Killing em vez de The Fall e The Walking Dead em vez de Hemlock Grove. A original da Netflix que deu mais certo para manter os olhos dos usuários vidrados na tela do computador foi Sense8.

Confira aqui os resultados para o público brasileiro:

Gráfico de comportamento do público brasileiro

 

Comments