Acabou a espera. Os milhões de fãs de Game Of Thrones puderam prestigiar o tão esperado retorno da série com maior audiência de todos os tempos. O episódio de estreia gerou grandes expectativas por dois importantes motivos: a série ultrapassou o livro na qual se baseia e a temporada anterior deixou vários parênteses e muitas dúvidas nas cabeças dos fãs. Com a difícil missão de contextualizar os expectadores na nova temporada, o episódio teve que lidar com vários núcleos da narrativa, dando uma “pincelada” em praticamente todas as histórias da trama.

Alerta de spoilers – Cuidado, se você ainda não assistiu ao episódio de estreia pode encontrar spoilers no texto abaixo.

A grande pergunta que vem tirando o sono dos fãs é: John Snow realmente morreu? Essa pergunta ressoou durante um ano e se imaginava que o primeiro episódio da temporada responderia ao anseio popular, mas… ledo engano. Embora não tenha dado a resposta, a série deixou a situação em aberto (como sempre), suscitando, inclusive a partir do título – The Red Woman, que a sacerdotisa Melisandre poderia ressuscitar o bastardo de Winterfell. Sir. Davos também protagoniza uma aparição fundamental no núcleo, colocando-se como líder dos apoiadores de Snow.

A adição da península de Dorne na quinta temporada fez com que a narrativa se tornasse ainda mais complexa, já que agora tudo indica que mais uma nação entrará na guerra pelo trono. Entretanto, o sangue dornês derramado ontem deixou ainda mais claro que quando se trata de George R. R. Martin sempre é possível ter novidades.

Daenerys Targaryen apareceu de maneira sucinta neste início de temporada, mas já se impôs e mostrou aos Dothraki que ainda tem sangue de Khaleesi correndo nas veias.

Outro núcleo abordado no episódio foi a fuga de Sansa? A herdeira de Winterfell teve sorte e foi salva mais uma vez por Brienne, mas a trama não deu nenhum passo além desse com relação a personagem.

Arya Stark, tida para muitos como a verdadeira protagonista da história, também aparece de maneira rápida nos primeiros 60 minutos da temporada, mas com tempo suficiente para dar uma ideia dos caminhos que a personagem seguirá daqui pra frente. Ao que tudo indica, Arya, agora cega, continuará seu treinamento místico para virar “ninguém”.

Uma das principais ausências na estreia foi Bran Stark. Após se encontrar com o corvo de três olhos no final da quarta temporada, Bran permanece uma incógnita na trama, embora dê indícios de que sua participação terá papel fundamental no desfecho da guerra.

Já em King’s Landing, Cersei aparece recuperada e apenas sofrendo o luto junto a Jaime pela perda de Myrcela, sua filha. Já Margaery, apenas continua aprisionada nas masmorras.

Teve morte, violência e “nudes”. Os jogos estão de volta e os fãs tem muitas perguntas e poucas respostas, só resta saber se as respostas realmente serão dadas.

E você, o que achou do episódio de ontem? Qual a resposta que está lhe deixando mais ansioso? Conta pra gente!

Comments